• qua. maio 29th, 2024

Base Arpão 1: PMAM apreende droga escondidas em arame farpado, sacos de farinha, em freezer e em rolo de plástico

ByPor Redação

maio 14, 2024

Ao todo foram apreendidos cerca de 64 kg de entorpecentes entre cocaína, pasta-base de cocaína e maconha do tipo skunk, que totalizaram mais de R$ 3,8 milhões de danos ao crime

Cerca de 64 quilos de entorpecentes entre cocaína, pasta-base de cocaína e maconha do tipo skunk foram apreendidos, na noite de segunda-feira (13/05), por policiais que estão em operação na Base Fluvial Arpão 1, em Coari (a 363 quilômetros de Manaus). As drogas foram encontradas escondidas em rolos de arame farpado, sacas de farinha e em rolo de plástico, em uma embarcação oriunda de Tabatinga (a 1.108 quilômetros da capital).

Durante a fiscalização de rotina, realizada por volta das 19h, os cães de faro para narcóticos da Companhia Independente com Cães (CipCães), Xerife e Luna, sinalizaram que dentro de sacos com farinha havia droga. Ao serem revistados os recipientes embarcados em São Paulo de Olivença (a 985 quilômetros de Manaus), os policiais militares, coordenados pela Secretaria de Estado de Segurança (SSP-AM), encontraram os cinco tabletes com cocaína.

Na mesma embarcação, os cães policiais indicaram a presença de mais entorpecentes em rolos de arame farpado. Ao ter passado por procedimento de inspeção, corte e abertura das peças, os policiais localizaram outros 15 tabletes de cocaína.

As equipes policiais apreenderam, ainda, outros 30 tabletes de entorpecentes camuflados em um rolo de plástico e mais nove tabletes na estufa de um freezer. Ao todo foram encontrados 31,5 kg de cocaína, 29,5 kg de pasta-base e 2,4 de maconha, totalizando 63,4 quilos de drogas.

Ao todo, cinco pessoas foram indiciadas pela Polícia Civil (PC-AM) pelos crimes de tráfico e associação para o tráfico de drogas. Toda a droga apreendida foi submetida à perícia realizada pelo Departamento de Polícia Técnico- Científica (DPTC), que comprovou a tipificação dos entorpecentes.

Com as apreensões, as Forças de Segurança do Amazonas causaram mais de R$ 3,8 milhões de danos ao crime.

FOTO: Divulgação/SSP-AM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *