• qua. maio 29th, 2024

Em Humaitá, Polícia Civil prende homem por estupro da sobrinha de 12 anos

ByPor Redação

mar 22, 2024

O crime ocorreu na comunidade Ipixuna, zona rural de Humaitá

Policiais civis da Delegacia Especializada de Polícia (DEP) de Humaitá (a 590 de quilômetros de Manaus), cumpriram, nesta sexta-feira (22/03), mandado de prisão preventiva, de um homem, 35, por estupro de vulnerável da sobrinha de 12 anos. O crime ocorreu na comunidade Ipixuna, zona rural de Humaitá.

De acordo com a delegada Wagna Costa, da DEP de Humaitá, as diligências iniciaram após a equipe policial tomar conhecimento que uma criança estava sendo violentada sexualmente pelo próprio tio, em uma comunidade rural.

“Nós nos deslocamos até lá, juntamente com o Conselho Tutelar. Durante escuta especializada com a adolescente, ela relatou que os abusos ocorriam quando ela ia buscar água na casa do indivíduo. O infrator colocava as mãos nas partes íntimas dela e ainda a enforcava para que ela não contasse a ninguém”, explicou a delegada.

Ainda segundo Wagna, a adolescente chegou a contar sobre a agressãos para sua avó, no entanto, ela se negou a denunciar o estupro. Além disso, ficou constatado que a vítima sofria maus-tratos cometidos pelo próprio pai.

“A menina passou por exames de corpo de delito que confirmaram o rompimento do hímen, sendo assim, constatado o estupro. Também verificamos hematomas no corpo dela em decorrência de socos desferidos pelo pai”, informou a delegada.

Conforme a autoridade policial, a vítima ficou sob a guarda de sua mãe em Porto Velho (RO). Foi representada à Justiça pela prisão do indivíduo, e a ordem judicial foi cumprida em Humaitá.

Ele responderá por estupro de vulnerável e ficará à disposição do Poder Judiciário. A avó da adolescente responderá pelo mesmo crime. Já o pai responderá pelos crimes de maus-tratos.

FOTOS: Divulgação/PC-AM.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *