• qui. jun 20th, 2024

Portal Ronda Geral AM

Notícias em tempo real!

Em Juruá, Polícia Civil prende idoso por estupro de vulnerável e exploração sexual contra criança de 11 anos

ByPor Redação

maio 20, 2024

A mãe da vítima permitiu que o autor morasse em sua casa e tinha conhecimento dos abusos cometidos

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por intermédio da 70ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Juruá (a 674 quilômetros de Manaus), prendeu em flagrante, na sexta-feira (17/05), um idoso, 61, por estupro de vulnerável e exploração sexual, praticado contra uma criança de 11 anos. A mãe da vítima será investigada, pois recebia dinheiro do autor e tinha conhecimento dos abusos que a filha sofria.

Conforme o delegado Bruno Rafael Nunes, da 70ª DIP, a equipe do Conselho Tutelar do município, recebeu denúncias anônimas relatando que a criança estaria sendo vítima de abusos sexuais e imediatamente, eles passaram a informação para os agentes da unidade policial, que prontamente saíram em campo para apurar os fatos e capturar o homem.

“Chegamos ao local e percebemos que o autor morava de favor na casa da vítima, e a levamos para uma audiência especial na delegacia. Na ocasião, ela disse que estava cansada dos constantes abusos sofridos pelo homem. Depois disso, foi realizado um exame de conjunção carnal para confirmar o estupro de vulnerável, o que resultou em evidências suficientes para prender o indivíduo, especialmente as falas da criança” disse.

Segundo o delegado, o indivíduo disse que não cometeu o crime, mas contou que a mãe da menina viajou e ele ficou na casa dela, juntamente com a sua irmã. “Deixo claro que as investigações se aprofundaram para verificar a responsabilidade por parte da genitora, bem como sua omissão ao crime e o dinheiro recebido do autor, e também para saber se a irmã mais velha da vítima sofreu algum tipo de abuso”, finalizou.

O idoso foi autuado por estupro de vulnerável e exploração sexual. Ele passará por audiência de custódia e ficará à disposição da Justiça.

FOTO : Divulgação/PC-AM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *