• dom. maio 26th, 2024

Em Pauini, segunda fase da Operação Brycon apreende nova plantação de maconha em reserva florestal

ByPor Redação

fev 27, 2024

Em duas apreensões ocorridas este mês, o prejuízo ao tráfico de drogas em Pauini está contabilizado em R$ 480 mil

Segunda fase da Operação Brycon, deflagrada pela Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da 63ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Pauini (a 923 quilômetros de Manaus), apreendeu plantação de maconha avaliada em R$ 180 mil, além de armas e cartuchos de munições. Durante as diligências, ocorridas na Floresta Nacional do Purus, naquele município, três indivíduos foram presos por tráfico de drogas.

A operação contou com o apoio da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e da Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai). As equipes já tinham apreendido, anteriormente, outra plantação de maconha avaliada em R$ 300 mil.

Segundo policiais civis lotados na 63ª DIP, a segunda fase da operação ocorreu entre sexta-feira (23/02) e segunda-feira (26/02) e, como resultado, 428 pés de maconha, 7,5 quilos de maconha, três armas e cartuchos de munições foram apreendidos. Uma motocicleta da marca Honda, oriunda do estado do Acre, também foi apreendida, pois estava com restrições de roubo.

Conforme os policiais civis, dois indivíduos identificados como Antônio José Lima de Souza, 23; e Raimundo Nonato da Silva, 43, estavam na localidade naquele momento e receberam voz de prisão em flagrante. Já na região Céu do Mapiá, localizada dentro da reserva, foi cumprido mandado de prisão definitiva de José Ferreira de Souza, 53, considerado foragido da Comarca de Boca do Acre (a 1.028 quilômetros de Manaus) por tráfico de drogas.

Vale destacar que no dia 18 de fevereiro, a 63ª DIP, com apoio da PMAM, ICMBio e Funai, apreendeu outra plantação de maconha avaliada em R$ 300 mil, e prendeu três indivíduos. Somando as duas apreensões, o prejuízo ao tráfico de drogas em Pauini está contabilizado em R$ 480 mil.

Procedimentos

Antônio José Lima de Souza e Raimundo Nonato da Silva responderão por tráfico de drogas, porte de arma de fogo e associação criminosa. José Ferreira de Souza responderá por tráfico de drogas.

Todos eles ficarão à disposição do Poder Judiciário.

FOTOS: Divulgação/PC-AM.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *