• qui. maio 23rd, 2024

MJSP acompanha trabalho das Forças de Segurança na Base Arpão 2

ByPor Redação

fev 22, 2024

Todas as embarcações que passam onde a base está ancorada são revistadas pelas equipes da PC-AM e PMAM

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM) apresentou in loco à Coordenação de Fronteiras e Amazônia do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), a operacionalidade da Base Fluvial Arpão 2. De acordo com o coordenador geral de Fronteiras, coronel Ronimar Jobim, uma das propostas do MJSP é entender a técnica adotada nas bases flutuantes para ampliar o modelo para toda a região amazônica.

O coordenador esteve na unidade fluvial, localizada em Barcelos (a 399 quilômetros de Manaus) acompanhado do secretário executivo adjunto de Operações (Seaop) da SSP-Am, coronel Algenor Teixeira e do gerente de Fronteiras Terrestres do MJSP, coronel Alkimar Sampaio.

Conforme o coordenador de Fronteiras e Amazônia, coronel Jobim, o Amazonas foi o primeiro a receber a visita da equipe. De acordo com ele, o Estado é referência para o MJSP, quando o tema é integração das Forças de Segurança no combate à criminalidade, principalmente, em áreas fronteiriças em ações embarcadas e com resultados exitosos.

“É uma visita de conhecimento técnico. A gente está aqui justamente vendo isso. A capacidade técnica da Base e de suas estruturas para que a gente possa levar isso ao nosso secretário, ao nosso diretor de operações para que essa experiência seja ampliada e possa ser potencializada na região amazônica como um todo”, afirmou o coordenador.

Fiscalização

Todas as embarcações que passam na localidade onde a base está ancorada são revistadas pelas equipes das Polícias Civil do Amazonas (PC-AM) e Militar (PMAM). Durante a visita, a comitiva acompanhou a inspeção minuciosa realizada em uma embarcação modelo ferry boat. Com auxílio da cadela de faro para narcóticos da Companhia Independente com Cães (CIPCães), Ágata, todos os compartimentos foram chegados, mas nada de ilícito foi encontrado.

O secretário da Seaop, coronel Algenor Teixeira, lembrou que o Amazonas tem apresentado um trabalho de sucesso e que este ano passou a contar com outras duas bases fluviais, elevando para quatro no total. Anteriormente, o Estado atuava com a Base Fluvial Arpão 1, localizada em Coari e a base itinerante Tiradentes, da PMAM. Agora, conta, ainda, com a Arpão 2 e a Paulo Pinto Nery, da PC-AM, que está operando em Itacoatiara.

Todo o efetivo empregado nas quatro unidades é das Forças de Segurança do Amazonas e atuam com parte dos recursos de custeio pagos pelo Governo Federal. “Nosso agradecimento ao Governo Federal pelo investimento que ele faz aqui no nosso Estado e aqui o coronel Jobim veio colher os resultados e ver em loco o que está acontecendo”, ressaltou o secretário da Seaop.

FOTOS: Alex Pazzuelo/Secom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *