• qua. maio 29th, 2024

Mulher leva ‘tio’ morto a banco para fazer empréstimo de R$ 17 mil: ‘assina’

ByPor Redação

abr 17, 2024

Funcionários da agência localizada em Bangu, no Rio de Janeiro, desconfiaram da atitude da mulher e chamaram a polícia

Uma mulher levou um cadáver em uma cadeira de rodas a uma agência bancária em Bangu, Rio de Janeiro, na tarde desta terça-feira (16 de abril), com o intuito de fazer um empréstimo no valor de R$ 17 mil. Ela conduzia a conversa em nome do homem morto, levando suspeitas de quem estava no local.

Diante da estranha cena, os funcionários do banco chamaram a polícia. Além dos militares, o SAMU foi acionado e, ao chegar ao local, confirmou que o homem estava morto há algumas horas. Ele foi identificado como Paulo Roberto Braga, de 68 anos.

Um vídeo feito pelos atendentes do banco mostra que a mulher segurava a cabeça do cadáver para mantê-la ereta e utilizava sua mão para gesticular, simulando uma conversa com ele.

“Tio, está ouvindo? O senhor precisa assinar. Se o senhor não assinar, não tem como. Eu não posso assinar pelo senhor, o que eu posso fazer, eu faço”, afirmava a mulher.

Erika de Souza Vieira Nunes foi encaminhada para a delegacia, onde alegou ser sobrinha e cuidadora do idoso.

A polícia está investigando se ela era realmente parente do homem. “Ela tentou simular que ele assinasse. Ele já entrou morto no banco”, explicou o delegado Fábio Luiz ao G1.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *