• dom. maio 26th, 2024

PC-AM prende homem que aplicou golpe de R$ 63 mil em agência bancária de Manaus

ByPor Redação

fev 28, 2024

O indivíduo utilizou uma identidade falsa, que estava em nome de um idoso, para aplicar o golpe

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio do 22° Distrito Integrado de Polícia (DIP), prendeu em flagrante, na terça-feira (27/02), Carlan Rocha Arruda, 37, por estelionato aplicado em agência bancária. O indivíduo fez três empréstimos, que juntos somam o valor de R$ 63,5 mil, utilizando uma identidade falsa.

Conforme o delegado Adriano Félix, titular da unidade policial, as diligências iniciaram quando a equipe policial do 22º DIP recebeu uma denúncia do setor de inteligência da agência bancária, comunicando que um estelionatário estaria tentando aplicar um golpe em um banco localizado na avenida Djalma Batista.

“Esse indivíduo fez três empréstimos, sendo dois consignados e um normal, em nome de um idoso de 60 anos, por meio de uma instituição de benefícios previdenciários. Ele usou um documento falso para conseguir os empréstimos, que somados estão avaliados em R$ 63,5 mil”, explicou.

Segundo o delegado, momentos antes de ser preso, o homem fez 20 saques e oito transferências via pix deste dinheiro, conseguindo obter R$ 30 mil. A equipe da instituição bancária desconfiou das transações e bloqueou a conta, em razão do processo de segurança da agência.

“O homem, ao notar que sua conta havia sido bloqueada, resolveu ir até a agência da Djalma Batista para tentar sacar o restante do dinheiro. No entanto, os funcionários também desconfiaram da movimentação do indivíduo e nos acionaram, ocasião em que efetuamos a sua prisão em flagrante”, contou.

De acordo com o titular, as investigações de agora em diante trabalharão para identificar outros possíveis envolvidos neste esquema criminoso, uma vez que Carlan disse que fazia os saques por meio da biometria e não com um cartão físico, e também pelo fato de ele estar utilizando uma identidade falsa.

“Ele confessou que haviam outros dois envolvidos no crime. Vamos trabalhar para descobrir como ele conseguiu cadastrar a biometria se passando por outra pessoa, bem como teria sido a emissão do documento que estava utilizando. Cabe ressaltar que a pessoa idosa, com o nome na identidade, também é vítima do golpe”, disse.

Procedimentos

Carlan Rocha Arruda responderá por estelionato e ficará à disposição do Poder Judiciário.

FOTOS: Erlon Rodrigues/PC-AM.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *