• qua. maio 29th, 2024

PF encontra US$ 3 milhões em parede falsa de mansão em Curitiba

ByPor Redação

mar 9, 2024

De acordo com a polícia, um empresário do ramo de transportes, construção civil e de aluguel de máquinas pesada acabou preso

Cerca de US$ 3 milhões, em dinheiro, (R$ 14,9 milhões, na cotação atual) que estavam escondidos em uma parede de uma mansão, em Curitiba (PR), foram encontrados durante operação da Polícia Federal (PF) e da Receita Federal.

A operação contou com cerca de 200 policiais federais, 20 auditores da Receita Federal e apoio da Polícia Militar de Santa Catarina (PM-SC). A investigação também cumpriu mandados nos estados de Santa Catarina e Ceará. O objetivo, de acordo com a polícia, é investigar um grupo criminoso que atua com lavagem de dinheiro e tráfico de drogas.

Revelado pela investigação, o chefe do grupo usava pessoas e empresas como laranjas para lavagem de dinheiro e bens. O suspeito comprava imóveis em nome de uma imobiliária e de uma empresa, responsáveis pela aquisição de, ao menos, três imóveis de luxo na capital paranaense.

A operação, deflagrada nessa quarta-feira (6/3), ainda apurou que as empresas apresentavam declarações à Receita Federal sem prestar nenhum tipo de serviço ou registro de venda de mercadorias. Em uma das empresas laranjas, foram gastos mais de R$ 8 milhões na compra de máquinas.

Dois homens foram presos, um deles na região de Curitiba e outro em Balneário Camboriú (SC). De acordo com a Polícia Federal, o preso no Paraná é um empresário do ramo de transportes, construção civil e de aluguel de máquinas pesadas.

Além do montante em dinheiro escondido na parede falsa, a polícia encontrou bolsas com mais de R$ 100 mil em espécie. Ainda foram localizadas duas remessas de drogas, uma delas com 700 kg de cocaína e outra com 800 kg do entorpecente.

Os investigados tiveram bens bloqueados, entre eles imóveis urbanos e rurais, veículos de luxo, motos aquáticas, caminhões e maquinários agrícolas.

Com informações: metropoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *