• qui. maio 23rd, 2024

Polícia Civil prende homem por estupro de vulnerável de duas irmãs de 11 e 16 anos

ByPor Redação

abr 18, 2024

Os abusos sexuais resultaram na gravidez da adolescente

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), prendeu, nesta quarta-feira (17/04), Joaquim Lourenço de Farias Filho, 38, por estupro de vulnerável de duas irmãs de 11 e 16 anos. A prisão ocorreu no ramal Cueiras, quilômetro 15 da rodovia federal BR-174.

Em coletiva de imprensa, a delegada Joyce Coelho, titular da Depca, disse que as investigações iniciaram após a adolescente vir a Manaus para fazer exames médicos, ocasião em que foi constatada a gravidez dela. Após isso, a vítima contou para a avó que era abusada sexualmente pelo indivíduo, que é amigo de longa data da família e tinha acesso livre a casa do pai dela.

“A avó veio à delegacia e registrou a ocorrência. A adolescente contou que começou a ser vítima dos abusos sexuais em 2017, aos 9 anos, e que a prática se tornou recorrente resultando na gravidez da menina em 2023”, explicou a delegada.

Segundo Joyce Coelho, a criança de 11 anos, que é irmã da adolescente, disse que também foi violentada sexualmente pelo mesmo homem. Ele se aproveitava dos momentos em que ficava a sós com as meninas para praticar a ação criminosa, e ainda pedia para que as vítimas não contassem nada a ninguém.

“Em escuta especial na Depca, a criança informou que foi abusada no dia 25 de fevereiro deste ano, quando foi até a casa do pai visitá-lo, na comunidade Pau Rosa, quilômetro 21, da rodovia federal BR-174. Ela disse que ficou sozinho com o irmão de 5 anos quando os demais familiares foram trabalhar, ocasião em que Joaquim entrou no quarto e a agarrou à força e apalpou seus seios”, relatou Joyce.

Conforme a titular da Depca, os familiares não suspeitavam do autor, pois era amigo de longa data da família. As vítimas contaram que o homem possivelmente abusava de outras meninas da vizinhança.

“As investigações continuarão para apurar se há outras vítimas de violência sexual”, enfatizou.

Procedimentos

Joaquim Lourenço de Farias Filho responderá por estupro de vulnerável. Ele passará por audiência de custódia e ficará à disposição da Justiça.

FOTOS: Erlon Rodrigues/PC-AM.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *