• qui. maio 23rd, 2024

Policiais da Depca prendem homem condenado a mais de 27 anos de reclusão por estuprar a enteada

ByPor Redação

mar 21, 2024

Crime ocorreu em 2021 quando a vítima tinha 7 anos

Um indivíduo de 30 anos foi preso, nesta quinta-feira (21/03), por policiais civis da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) em cumprimento a sentença condenatória pelo crime de estupro de vulnerável cometido contra sua enteada, de 7 anos. Ele foi condenado a 27 anos e 6 meses de reclusão em regime fechado.

A delegada Joyce Coelho, titular da Depca, informou que o crime ocorreu em 2021. O homem era companheiro da mãe da vítima e todos residiam na mesma casa no bairro Tancredo Neves, zona leste, onde ele praticava os abusos sexuais.

“A mãe da vítima relatou que o homem era viciado em pornografia. Em determinada ocasião ela teria visto no celular dele um vídeo de pornografia infantil. Após isso, ela decidiu perguntar para a filha se ela já teria sofrido algum tipo de abuso e a criança confirmou que o padrasto já tinha a violentado”, explicou a delegada.

Conforme a autoridade policial, a denúncia foi levada à Depca no dia 2 de janeiro de 2021, quando as investigações em torno do caso imediatamente iniciaram, sendo possível constatar que de fato a criança havia sido abusada sexualmente pelo homem.

O infrator passou a responder pelo crime à época dos fatos. Na segunda-feira (18/03), foi decretado mandado de prisão em razão de sentença condenatória pela 1ª Vara Especializada em Crimes contra a Dignidade Sexual de Crianças e Adolescentes.

Após a ordem judicial ser decretada, os policiais seguiram em diligências e conseguiram localizar o autor na avenida Autaz Mirim (Grande Circular), bairro São José Operário, zona leste da capital.

Ele foi conduzido à Depca e, em seguida, foi encaminhado à audiência de custódia, onde ficará à disposição do Poder Judiciário.

FOTO: Erlon Rodrigues e Divulgação/PC-AM.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *