• qui. maio 23rd, 2024

“Quase deixaram meu filho na cadeira de rodas”: alunos do Colégio da PM agridem menino em Manaus

ByPor Redação

mar 11, 2024

Um menino de 11 anos, precisou ser socorrido após ter sido agredido por outros alunos do CMPM V, localizado no Parque das Laranjeiras, bairro Flores, zona Centro-Sul de Manaus. O caso aconteceu na última quarta-feira (06), e foi repercutido pelos pais dos alunos que ficaram impactados pelo caso que deixou a vítima com uma lesão na coluna.

Segundo uma fonte relatou ao Mix de Notícias, cerca de 13 alunos de séries distintas, se uniram para agredir o menino, que já havia sido denunciado por ter um histórico de agressões contra outras crianças, o que suspostamente teria motivado a revolta dos estudantes.

“Eles se juntaram para se vingar dele. Enfim, se tivessem feito algo antes, isso não teria acontecido, mas parece que o Capitão agora vai focar mais nesse tipo de solicitação no corpo de alunos”, disse uma das mães.

Conforme prints divulgados em grupos de conversa por aplicativo, a mãe do menino agredido desabafou sobre a situação da vítima após o espancamento. “Uma mãe que ajudou meu filho, nem se quer ligaram, ele teve uma lesão na coluna, o psicológico dele não está bom. Eles quase deixaram meu filho na cadeira de rodas”, relatou a mãe.

Posicionamento da escola

Aos pais dos dos alunos do Colégio Militar da Polícia Militar do Amazonas V (CMPM V), a escola comunicou que o ocorrido aconteceu após o horário de saída dos alunos e não nas dependências da escola, mas fora do ambiente escolar.

Além disso, a escola informou que após as agressões, não houve necessidade de acionamento do SAMU para os alunos envolvidos na briga.

Segundo a nota assinada pelo Capitão Alan Patrick, Subdiretor do CMPM V, providências devem ser tomadas com “todos os esforços para apurar a situação de forma transparente e responsável”.

“A direção está pessoalmente envolvida na busca pelos responsáveis pela agressão e garantimos que serão devidamente identificados e responsabilizados, e em sendo nossos alunos, tomada todas as providências e orientação aos responsáveis. Eu, pessoalmente, tenho estado em contato com os responsáveis do aluno desde que buscaram a escola na tarde de quinta-feira (07/03)”.

“Nosso compromisso é com a segurança e o bem-estar de todos os alunos. Repudiamos qualquer forma de violência ou agressão dentro ou fora do ambiente escolar.

Por fim, reitero, eu meu nome, o compromisso com a segurança dos alunos nos ambiente sob nossa responsabilidade, construindo um ambiente seguro e acolhedor para todos os nossos alunos”. assinou o  Subdiretor da escola.

Fonte: Mix de noticias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *