• qui. jun 20th, 2024

Portal Ronda Geral AM

Notícias em tempo real!

Reféns resgatados por Israel estão em boas condições de saúde, dizem autoridades

ByPor Redação

jun 8, 2024

Noa Argamani, Almog Meir Jan, Andrey Kozlov e Shlomi Ziv haviam sido sequestrados pelo Hamas em 7 de outubro passado

Quatro reféns israelenses foram resgatados numa operação especial no campo de refugiados de Nuseirat.

“Eles estão em boas condições médicas e foram transferidos para o Centro Médico ‘Sheba’ Tel-HaShomer para exames médicos adicionais”, informaram as FDI neste sábado (8).

Noa Argamani (25)Almog Meir Jan (21)Andrey Kozlov (27) e Shlomi Ziv (40) foram resgatados pelos militares, inteligência e forças especiais israelenses de dois locais separados em Nuseirat, comunicaram as Forças de Defesa de Israel (FDI).

Os resgates ocorreram em dois locais separados na área de al-Nuseirat.

Os quatro foram sequestrados pelo Hamas no festival de música Nova em 7 de outubro, segundo as FDI. O resgate de reféns feitos durante os ataques desse dia continua sendo um dos principais objetivos da campanha militar israelense em Gaza.

Essa é a terceira operação bem-sucedida. O cabo da IDF Ori Megidish foi resgatado em outubro do ano passado do norte da Faixa de Gaza. Em outra operação, em 12 de fevereiro deste ano, Fernando Marman e Louis Har foram resgatados do sul de Rafah.

Argamani era uma das reféns remanescentes mais conhecidos e apareceu em uma série de vídeos de propaganda do Hamas divulgados em janeiro.

A Israeli News 12 transmitiu imagens de Argamani reunida com seu pai, sorrindo e o abraçando. O vídeo do sequestro de Noa circulou logo depois que ela foi levada para Gaza por homens armados em 7 de outubro.

O primeiro vídeo mostrava clipes de Argamani ao lado de dois homens reféns, Yossi Sharabi e Itai Svirsky. Terminava com uma legenda dizendo: “Amanhã, informaremos a vocês o destino deles”.

Um terceiro e último vídeo parecia mostrar os cadáveres de Svirsky e Sharabi. Ele também mostrava Argamani dizendo que os dois homens haviam sido mortos por bombardeios israelenses, e suas mortes foram confirmadas posteriormente por sua aldeia natal.

Operação deixa 45 mortos
Ao menos 45 pessoas foram mortas como resultado de uma operação militar israelense no centro de Gaza, na área de Nuseirat, Deir al-Balah e al-Zawaideh, que resgatou os quatro reféns, de acordo com um produtor da CNN no local.

O produtor, que está no hospital Al-Aqsa Martyrs, em Deir al-Balah, disse que viu os corpos de pelo menos 45 pessoas, enquanto dezenas de feridos chegaram ao hospital.

Um porta-voz do hospital disse que a quantidade de feridos é tão alto que é difícil confirmar o número exato.

Israel anunciou que tinha como alvo “infraestruturas terroristas” em Nuseirat pouco antes de dizer que resgatara os quatro reféns na área.

Informações: CNN Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *