• qui. maio 23rd, 2024

Ação conjunta prende psicólogo condenado a 12 anos de reclusão por estuprar paciente em Humaitá

ByPor Redação

mar 12, 2024

Prisão ocorreu em Porto Velho (RO)

Uma ação conjunta entre as Polícias Civil do Amazonas (PC-AM) e a Polícia Militar de Rondônia (PM-RO), deflagrada na segunda-feira (11/03), resultou na prisão de um psicólogo, 39, condenado a 12 anos de reclusão por abusar sexualmente de uma paciente, 41, em agosto de 2017. O homem foi preso em Porto Velho (RO).

Segundo a delegada Wagna Costa, da Delegacia Especializada de Polícia (DEP) de Humaitá (a 590 de quilômetros de Manaus), o infrator estava foragido desde agosto de 2023, quando o mandado de prisão foi decretado pela 1ª Vara da Comarca de Humaitá.

“Assim que o mandado foi expedido, solicitamos o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e das polícias de Rondônia e Mato Grosso, pois o indivíduo havia conseguido fugir do município”, explicou a delegada.

O autor foi localizado e preso na cidade de Porto Velho durante uma abordagem policial. Agora, ele ficará à disposição do Poder Judiciário.

Crime

Conforme a autoridade policial, consta nos autos que em outubro de 2017, a vítima procurou à unidade policial para relatar que havia sido abusada sexualmente pelo psicólogo durante uma consulta.

A mulher já estava abalada psicologicamente por ter sofrido violência sexual anteriormente, e procurou ajuda profissional, no entanto, foi novamente violentada pelo indivíduo.

A autoridade policial informa, ainda, que o infrator é investigado em outro caso de assédio sexual praticado contra outra paciente em junho de 2016.

FOTO: Divulgação/PC-AM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *