• qua. maio 29th, 2024

Deputado Wilker Barreto denuncia cobrança indevida para emissão de carteiras de identidades em PACs

ByPor Redação

abr 25, 2024

O deputado estadual Wilker Barreto (Mobiliza) usou a tribuna do Legislativo estadual, nesta quarta-feira (24), para denunciar e cobrar investigação da Secretaria de Segurança Pública (SSP) sobre a dificuldade e possível corrupção no sistema de emissão de carteiras de identidade, nos Pronto Atendimento ao Cidadão (PACs) da cidade.

“Estou formalizando à Secretaria de Segurança Pública para que tome providências e realize investigação. Estou recebendo uma enxurrada de denúncias da dificuldade do cidadão em tirar a carteira de identidade. Não conseguem marcar no sistema, mas hoje qualquer trinta ou cinquenta reais, estão tirando por fora, estão furando o sistema, numa corrupção clara”, protestou.

Para o parlamentar, a informatização do sistema é um dos causadores da problemática. Wilker alega que quando o processo era realizado de forma manual, nos guichês, apresentava maior eficiência. Destacou, ainda, a presença de quadrilhas nos PACs extorquindo a população em troca de agilidade na emissão do documento.

“Somente no Amazonas que a informatização atrapalha. De forma manual, nos guichês, se tiravam por guichês 100 identidades por dia. Agora, com o sistema, caiu para 25. Estou provocando formalmente à Secretaria de Segurança Pública para que realize a investigação nos PACs”, ponderou.

Barreto reforçou a denúncia e alertou para os prejuízos que a população enfrenta com o obstáculo.

“Jovens que não conseguem tirar a carteira para conseguir um emprego, senhoras que precisam validar suas aposentadorias. Estamos causando um constrangimento à cidadania. Então, estou formalizando a situação, tanto para que a SSP, a Secretaria de Segurança Pública, investigue a situação, quanto também à secretária da Sejusc, para fazer também esse levantamento. Isso é um absurdo o que acontece hoje na cidade de Manaus”, expôs.
Fonte: Aleam

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *