• qui. jun 20th, 2024

Portal Ronda Geral AM

Notícias em tempo real!

Deputado Wilker Barreto promove Cessão de Tempo para pais de crianças com TEA que protestam falta de atendimento no Hapvida

ByPor Redação

jun 12, 2024

O deputado estadual Wilker Barreto (Mobiliza) realizou nesta terça-feira (11/6), Cessão de Tempo, dentro da Sessão Ordinária, na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), em favor de pais que protestam o descaso no atendimento e a falta de terapia apropriada para crianças do espectro autista por parte da rede Hapvida.

Barreto afirma não ser a primeira vez que pais o procuram em busca de visibilidade para esta causa. Na última quinta-feira (6/6), houve a tentativa de marcar uma reunião com a empresa, porém não obtiveram sucesso. No ano passado, famílias denunciaram a rede em busca de solucionar problemas, mas nada mudou.

“Na quinta-feira, quando recebi o grupo de mães, tentamos mediar uma conversa com o Hapvida, mas não entraram em contato”, expôs.

O parlamentar afirmou que irá solicitar uma Audiência Pública com órgãos públicos responsáveis para que a ordem judicial favorável às mães atípicas no Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) seja cumprida.

“Solicitaremos uma audiência com o corregedor de Justiça, desembargador Jomar Fernandes, porque é inadmissível hoje a ordem judicial não ser cumprida”, exclamou.

Mães atípicas

Uma comissão de mães atípicas que luta pela qualidade de direitos dos filhos desde 2022, na tentativa de otimizar o atendimento e entrega de terapia apropriada para os filhos que utilizam a rede Hapvida.

Na tribuna do Legislativo, Ayda Kelly, pontuou as dificuldades que enfrenta e o quanto a falta de terapia faz com que as chances de desenvolvimento de crianças atípicas sejam reduzidas, obrigando-as a serem dependentes de seus responsáveis por toda a vida.

“Para ambientar bem vocês que estão aqui, imaginem que nós tivemos agora bem recente, o Dia das Mães. Nós tivemos nas escolas das nossas filhas os nossos filhos fazendo apresentações. Nós recebemos bilhete. Nós tivemos um dia especial. Agora está chegando a festa junina. Muitas crianças vão se apresentar, vão comprar roupas, vão brincar. Essa festa típica. E nós também queremos ter esse direito. Nós também queremos poder ver os nossos filhos se apresentarem, evoluírem e desenvolverem”, lamentou.

Fonte: ALEAM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *