• qui. maio 23rd, 2024

Na gestão de David, Manaus cai 64 posições no Ranking de Competitividade dos Municípios

ByPor Redação

mar 18, 2024

Manaus caiu da 145ª posição, na edição de 2021, para a 209ª, em 2023, no Ranking de Competitividade dos Municípios

Nos três primeiros anos da gestão do prefeito David Almeida (Avante), Manaus caiu 64 posições entre 2021 e 2023 no Ranking de Competitividade dos Municípios, elaborado pelo Centro de Liderança Pública (CLP) e divulgado no ano passado.

Nos três primeiros anos da gestão do prefeito David Almeida (Avante), Manaus caiu 64 posições entre 2021 e 2023 no Ranking de Competitividade dos Municípios, elaborado pelo Centro de Liderança Pública (CLP) e divulgado no ano passado.

A última edição do Ranking analisou 415 municípios brasileiros com população superior a 80 mil habitantes. Para avaliar os indicadores de cada cidade, foram usadas informações de fontes como Tesouro Nacional, DataSus e Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

Todas as 13 capitais em colocações mais desfavoráveis no ranking geral, e, portanto, também no cluster das capitais, são das regiões Norte ou Nordeste do país (João Pessoa (PB), Teresina (PI), Aracaju (SE), Salvador (BA), Manaus (AM), São Luís (MA), Rio Branco (AC), Natal (RN), Maceió (AL), Belém (PA), Boa Vista (RR), Porto Velho (RO) e Macapá (AP)).

Das 16 capitais do Norte e Nordeste do país, as únicas exceções desta lista são Recife (PE), Palmas (TO) e Fortaleza (CE). Além disso, as 10 últimas ocupam posições insatisfatórias (se encontram na metade inferior de desempenho no ranking geral a nível Brasil).

Os maiores destaques negativos ocorrem de fato com as duas capitais menos competitivo do Brasil nesta edição. Porto Velho (RO) e Macapá (AP), que ocupam respectivamente a 327ª e 365ª colocações, e são as únicas capitais de estado entre os 100 municípios menos competitivos do Brasil

Os dados do ranking vão de encontro ao discurso de David Almeida na abertura dos trabalhos na Câmara Municipal, em fevereiro, onde ele destacou avanços “históricos da gestão nos últimos três anos”, citando revitalizações de unidades de saúde, escolas, mercados e feiras e centros de assistência social, construção de complexos viários, renovação da frota de ônibus, recuperação de ruas e geração de emprego e renda.

No ano passado o ranking apontou como potencial do município o capital humano, o acesso à educação e à saúde, qualidade da educação, meio ambiente, inovação e dinamismo econômico, funcionamento da máquina pública e sustentabilidade fiscal.

Os pontos negativos, os chamados desafios, apontados pelo Ranking de 2023, são qualidade da saúde, com queda de 31 posições (-31), saneamento (-31), segurança (-31), telecomunicações (-31), acesso à educação (+31) e inserção econômica (-31).
O levantamento do CLP, que se apresenta como organização suprapartidária, visa auxiliar os líderes públicos na melhoria da gestão das cidades. Para isso, a plataforma apresenta aos gestores uma avaliação dos pilares em que o município obteve as melhores pontuações. Com base nessa avaliação, a plataforma identifica os maiores desafios e oportunidades de cada município.

Florianópolis chegou à liderança do Ranking de Competitividade dos Municípios em 2023. Isso significa que a capital catarinense é a cidade com a maior capacidade de fornecer serviços públicos de qualidade no Brasil.

O diretor-presidente do CLP, Tadeu Barros, vê a competitividade como um indicador de bem-estar social. Ou seja, um município competitivo “é aquele que atende o cidadão da melhor forma possível, em que o cidadão tenha a melhor qualidade de vida possível”.

Veja a íntegra das edições do Ranking de Competitividade dos Municípios desde 2021.

2021

https://d335luupugsy2.cloudfront.net/cms/files/7589/1639503142CLP_Relatrio_Ranking_de_Competitividade_dos_Municpios.pdf

2022

https://www.clp.org.br/wp-content/uploads/2022/09/CLP-Relatorio-Anual-Ranking-dos-Municipios_FINAL-1.pdf

2023

https://municipios.rankingdecompetitividade.org.br/AM/manaus/Geral/ranking-geral

Fonte: D24am

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *