• dom. maio 26th, 2024

Ayrton Senna: Veja homenagens nos 30 anos da morte do piloto

ByPor Redação

maio 1, 2024

Morto em 1994, piloto brasileiro foi lembrado por escuderias e esportistas

No dia em que se completaram 30 anos da morte de Ayrton Senna, durante o GP de San Marino, o mundo do automobilismo presta homenagens ao piloto brasileiro.

“Teria sido bom rir novamente hoje juntos” é o que diz o ex-companheiro de McLaren e maior rival de Senna , Alain Prost. O piloto francês sequer lembrou da rivalidade nos bastidores entre os anos de 1988 e 1989. Prost publicou uma foto de um momento descontraído com o brasileiro.

O perfil oficial da Fórmula 1 , categoria de destaque do piloto, destacou um vídeo da irmã, Viviane Senna, conta detalhes da trajetória de Ayrton. Veja:

Em outra publicação da F1, uma homenagem valoriza Senna. “Um ícone, um campeão, um gênio. Mesmo 30 anos depois, a influência de Ayrton Senna é sentida como sempre”.

A Federação Internacional publicou um desenho com todos os carros e informações sobre as conquistas na F1.

Em 1984, Senna defendia a Toleman na F1. De 1985 a 1987, ele correu pela escuderia Lotus e, depois esteve na McLaren em 1988 e 1993, onde conquistou três títulos. “Faz 30 anos que o grande Ayrton Senna faleceu. Um ícone e para sempre em nossos corações”, disse a escuderia britânica.

A Williams, por onde correu em 1994 até a morte, disse que Senna sempre será “nossos corações”.

A Mercedes afirma que a morte do brasileiro será inesquecível. “Sempre Senna. 30 anos depois, a partir de um momento que a comunidade do automobilismo jamais esquecerá, homenageamos uma lenda do nosso esporte”, diz o post.

A Força Aérea Brasileira lembrou o primeiro voo de Senna em uma aeronave de caça, no Rio de Janeiro. Além dos carros, o brasileiro era apaixonado pela aviação e aeromodelismo.

Trajetória campeã

Senna morreu no dia 1 de maio de 1994, durante o Grande Prêmio de San Marino, em Ímola, ao atravessar a curva Tamburello e bater em um muro. Ao todo, disputou 161 provas em dez anos, conquistou 65 pole positions e venceu 41 corridas. Ele foi campeão mundial em 1988, 1990 e 1991.

Com informações: CNN BRASIL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *